28/05/2019 às 10h47 |

 Se plantando tudo  dá 

 

Não foi à toa que nossos “conterrâneos”, quando aqui chegaram, disseram que essa Terra era boa e que “se plantando tudo dá”.  De lá pra cá, constatamos que realmente a terra é boa e que só precisamos plantar. No entanto, para colher bons frutos, precisamos plantar boas sementes. Mas, infelizmente, nem todas as sementes conseguem germinar. Porém, todas devem ter iguais oportunidades: de nascer, de crescer e de se tornar parte de nossas hortas. 

Muitas vezes, são as sementes raquíticas, aparentemente desqualificadas e de origem duvidosa, que obtemos frondosas plantas. E as sementes de boa aparência e de origem promissora sã as que mais nos decepciona.
Porém, depois das sementes plantadas, é preciso arrancar as ervas daninhas, adubar e regar. E é bom lembrar, que algumas mudas podem precisar de tutores; para apoia-las. E outras, podem precisar de podas para que não ocupem uma área maior do que a sua, delimitada. E, acima de tudo, será preciso liberdade para que todas recebam um pouco de sol. Porque todas têm o direito de um lugar ao sol. 

No campo colhemos frutos, hortaliças e verduras que plantamos.  E não há surpresas: quem planta abobora, colhe aboboras; e quem planta abacaxi, colhe abacaxis. No entanto, dentro da “selva de pedra”, nas cidades, crescem por descaso ou por ganância, as “ervas daninhas” da sociedade. E, através da injustiça, do racismo e da intolerância, se criam animais nocivos que se escondem em suas ramas. E aos poucos se alastram, roubam a liberdade e a nossa tranquilidade.

Ou seja, tanto no campo como na cidade, é preciso plantar boas sementes; regar, adubar e arrancar as ervas daninhas para colher bons frutos. Mas as únicas coisas que plantamos nas cidades, são: a violência, a ignorância e o desamor.  E é por isso que hoje colhemos o que colhemos, graças ao que plantamos no passado.  Mas, e o que estamos fazendo hoje por nosso futuro? Precisamos cuidar mais de “nossas hortas”, porque... “se plantando, tudo dá!”


 

Jussara Pires 

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Literatura

Amanhã eu faço

Colunista

Amanhã eu faço

Cadê o Amor?

Colunista

Cadê o Amor?