26/06/2019 às 08h54 |

Youtuber Etika é encontrado morto após publicar vídeo sobre problemas com saúde mental

Seguidores de Etika acompanhavam a busca por ele desde a publicação do desabafo em vídeo na semana passada.

 

O youtuber Etika foi encontrado morto em Nova York, confirmou a polícia nesta terça-feira (25). Ele estava desaparecido desde o dia 19 de junho, depois de publicar um vídeo em que falava sobre problemas de saúde mental.

O corpo de Etika, cujo nome real era Desmond Amofah, de 29 anos, foi encontrado no East River na segunda-feira, e nesta terça a polícia de Nova York confirmou a identidade. A causa da morte não foi confirmada.

Conhecido pela produção de vídeos de gameplay e streams voltados para jogos da Nintendo, Etika já batalhava contra a depressão há alguns anos, mas nos últimos dez meses as coisas haviam piorado muito, fazendo com que os fãs do YouTuber ficassem bastante preocupados. Em outubro de 2018, Amofah havia subido em seu canal um vídeo de pornografia — uma clara violação das políticas do YouTube — e, quando seu canal foi desativado, comentou que havia chegado sua hora de morrer.

Seguidores de Etika acompanhavam a busca por ele desde a publicação do desabafo em vídeo na semana passada. Ele mencionava suicídio e falava sobre a ansiedade e transtornos causados pelas mídias sociais e dizia "Acho que eu estou mentalmente doente".

Etika também dizia no vídeo: "Espero que minha história ajude a fazer o YouTube um lugar melhor no futuro, em que as pessoas conheçam limites e fronteiras de até onde as coisas podem ir".

"Deixem que minha história acenda um alerta em toda essa m*rda de redes sociais. Isso pode te ferrar. Pode te dar uma imagem do que você quer para sua vida e isso pode sair totalmente de proporção. Infelizmente, isso me consumiu", ele disse no vídeo.


 

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Games