29/05/2019 às 23h07 |

Brasil é superado pela Polônia

Smarzek ataca contra o bloqueio duplo do Brasil (Créditos: Divulgação/FIVB )

 Smarzek ataca contra o bloqueio duplo do Brasil (Créditos: Divulgação/FIVB )

A seleção brasileira feminina de vôlei lutou, mas não resistiu a Polônia pela segunda semana da Liga das Nações. Nesta quarta-feira (29.05), as brasileiras foram superadas pelas polonesas por 3 sets a 2 (25/20, 25/22, 26/28, 18/25 e 15/9), em Apeldoorn, na Holanda. O time verde e amarelo segue em quinto lugar na classificação geral, com nove pontos (três vitórias e duas derrotas).

O Brasil encerrará a participação na segunda semana da Liga das Nações às 14h30 (Horário de Brasília) desta quinta-feira (30.05) contra a Bulgária. O SporTV 2 transmitirá ao vivo.

Na partida desta terça-feira, a central Bia foi a maior pontuadora entre as brasileiras, com 18 pontos (13 de ataque, quatro de bloqueio e um de saque). A ponteiras Gabi e Tainara, com 16 e 12 acertos cada, também pontuaram bem pelo time verde e amarelo. Pelo lado da Polônia destaque para a oposta Smarzek maior pontuadora do confronto, com 31 acertos.

Ao final do confronto, a central Bia lamentou a derrota, mas ressaltou o espírito de luta do time verde e amarelo que levou o jogo para o quinto set depois de perder as duas primeiras parciais.

“Lutamos bastante, mas erramos muito na partida. Sabemos que a Polônia tem um time alto e que vive um bom momento. Não faltou estudo, preparação e entrega do nosso grupo, mas isso não foi o suficiente. Ainda temos muito o que melhorar e vamos precisar usar mais as nossas qualidades contra times altos como a Polônia. Esse jogo serviu de aprendizado. A Liga das Nações é um campeonato longo e estamos nos entrosando e evoluindo a cada jogo. Amanha vamos buscar a vitória contra a Bulgária”, disse Bia.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da partida e falou sobre o próximo adversário das brasileiras na competição.

“A Polônia começou o jogo com um bloqueio bem montado e sentimos dificuldade. A partir do terceiro set começamos a marcar melhor a Smarzek e o nosso sistema defensivo foi se ajustando. Apesar da derrota, gostei a luta do time que foi buscar o resultado. Amanhã vamos enfrentar a Bulgária que ganhou um set da Polônia e tem jogadoras habilidosas”, afirmou José Roberto Guimarães.

Liga das Nações

Depois da Holanda pela terceira semana da competição, as brasileiras terão como sede a cidade de Lincoln, nos Estados Unidos. Entre os dias 4 e 6 de junho, o Brasil duelará contra Alemanha, Coréia do Sul e Estados Unidos.

Na quarta semana entre os dias 11 e 13 de junho, o time do treinador José Roberto Guimarães estará em Tóquio, no Japão, e terá pela frente as donas da casa, a Tailândia e a Sérvia. A quinta e última semana da fase classificatória acontecerá entre os dias 18 e 20 de junho em Ancara, na Turquia, e o Brasil medirá forças com a Turquia, a Itália e a Bélgica.

A fase final que reunirá a China, país sede, e as cinco seleções mais bem classificadas ao final da fase classificatória será disputada em Nanquim, na China, entre os dias 3 e 7 de julho.  

EQUIPES:

Brasil – Macris, Paula Borgo, Tainara, Gabi, Bia e Mara. Líbero – Léia 
Entraram – Lorenne, Roberta, Amanda, Júlia Bergmann, Mayany
Técnico – José Roberto Guimarães 

GALERIA DE FOTOS:

https://www.volleyball.world/en/vnl/women/schedule/9912-poland-brazil/post#mediaGallery

LIGA DAS NAÇÕES 2019

Brasília (Brasil)

21.05 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 China (25/15, 25/21 e 25/21)
22.05 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 1 x 3 República Dominicana (22/25, 20/25, 25/22 e 26/28)
23.05 ( QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Rússia (25/17, 25/17 e 25/14)

Apeldoorn (Holanda)

28.05 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 Holanda (21/25, 30/28, 25/20, 18/25 e 15/11)
29.05 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 2 x 3 Polônia (20/25, 22/25, 28/26, 25/18 e 9/15) 
30.05 (QUINTA-FEIRA) – Brasil x Bulgária, às 14h30 (Horário de Brasília) – SporTV 2

Tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Vôlei