14/02/2020 às 16h25 |

Filho de Pelé diz que o pai está recluso e em depressão, mas assessoria do ‘Rei’ nega

Reprodução Twitter

 Reprodução Twitter

"Ele está bastante fragilizado em relação à mobilidade. Fez o transplante do quadril e não realizou a reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema, que acaba acarretando uma certa depressão." Essas são palavras de Edinho, para definir o pai, Pelé, e sua atual situação, aos 79 anos.

A assessoria de imprensa de Pelé emitiu então uma nota oficial, na tentativa de amenizar o depoimento do filho. "Obrigado por suas orações e preocupações. Eu estou bem. Estou completando 80 anos este ano. Eu tenho meus dias bons e maus. Isso é normal para pessoas da minha idade. Não tenho medo, sou determinado, sou confiante no que faço."

Percebendo que a declaração não foi bem recebida por Pelé, Edinho tentou voltar atrás no que falou. Ele explicou que foi 'alfabetizado em inglês', daí ter usado palavras fortes demais como a frase: "Imagina, ele é o rei, sempre foi uma figura tão imponente e hoje ele não consegue mais andar direito."

Para mostrar que ainda tem vitalidade a nota expos a agenda do ex-jogador. "Na semana passada, tive a honra de me encontrar com o presidente da CBF no estúdio em que eu estava gravando meu documentário. Eu tive duas sessões de fotos no mês passado para campanhas que utilizam a minha imagem e testemunho".

"Tenho vários eventos futuros agendados. Eu não evito cumprir compromissos da minha sempre movimentada agenda. Continuo aceitando minhas limitações físicas da melhor maneira possível, mas pretendo manter a bola rolando. Deus abençoe todos vocês", finalizou a nota.

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Futebol