Publicado em 04/11/2016 às 01h16 | |

Campanha de prevenção ao câncer de próstata será realizada no Mercado do Rio Vermelho a partir do próximo dia 5

 

Diversas ações vão marcar o Novembro Azul 2016 na capital baiana a partir da próxima semana. Uma das mais inusitadas será realizada no Mercado do Rio Vermelho, a partir do próximo sábado, dia 5 de novembro. Além da tradicional iluminação azul no local, a campanha contará com a presença do mascote “Bigode” e do estímulo ao “Bigoday”; exposição de painéis sobre a campanha nos diversos estandes do estabelecimento; distribuição de fitas e flyers informativos, entre outras. 


O objetivo é conscientizar os homens a respeito da importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A ação é fruto de uma parceria entre a Clínica do Homem, de Salvador; o Instituto Lado a Lado pela Vida, de São Paulo - autor da campanha “Novembro Azul” lançada no Brasil em 2008 – e o Mercado do Rio Vermelho.


Enquanto recebem informações sobre a campanha os frequentadores do Mercado do Rio Vermelho poderão aproveitar o “Bigoday”, ou seja, o dia de tirar uma foto com o “Bigode”, símbolo tradicional da campanha Novembro Azul, para postar nas redes sociais com as hashtags #NovembroAzul e #NovembroAzulOficial. 


Entre as orientações impressas nos flyers que serão distribuídos durante a campanha, destacam-se as informações sobre a importância do exame do toque e dosagem do PSA (Antígeno Prostático Específico) para diagnóstico precoce do câncer de próstata. Segundo o médico diretor da Clínica do Homem, Francisco Costa Neto, a doença é silenciosa, ou seja, assintomática. “Quando surgem os sintomas, mais de 95% dos casos de câncer de próstata já se encontram em fase avançada. Por isso, é importante que seja feita uma avaliação prostática preventiva anual a partir dos 45 anos de idade. Se tiver casos de câncer na família, o homem deve iniciar esta investigação já a partir dos 40”, explicou o médico. 


 
Sobre o Câncer de Próstata


O Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta que o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros, atrás apenas do de pele não-melanoma. Quanto mais cedo for detectada a doença, maiores as chances de cura, já que alguns tumores podem crescer de forma silenciosa, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. “Dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição do jato da urina podem ser sintomas do tumor, mas o mais comum é que a doença não apresente sinal algum”, alerta o urologista Francisco Costa Neto. 


Segundo o médico, os fatores de risco incluem, além de idade avançada, histórico familiar, fatores hormonais e ambientais, hábitos alimentares, sedentarismo e excesso de peso. A fase do tumor e as características do paciente determinam as formas de tratamento que podem ser definidas pelo médico. Nos estágios iniciais da doença (tumores localizados e localmente avançados), a prostatectomia radical – cirurgia para retirada da próstata - é o tratamento padrão e apresenta altos índices de cura.

 
Sobre os realizadores da campanha


A Clínica do Homem, localizada no Centro Médico do Vale, no bairro do Canela, em Salvador, promove a saúde masculina há 24 anos, com foco na melhoria da qualidade de vida e bem estar dos homens. Possui equipe altamente qualificada para realizar avaliações preventivas, diagnose e tratamento das diversas patologias masculinas; laboratório de andrologia e banco de sêmen próprios e equipamentos modernos para diagnósticos confiáveis. Oferece ultrassonografia em urologia, avaliação em domicílio e consultas completas, com maior tempo de atendimento. 


O Instituto Lado a Lado pela Vida é uma instituição brasileira, sem fins lucrativos, criada em 2008, em São Paulo, por profissionais engajados em disseminar informação de qualidade para a população sobre as principais doenças que acometem homens e mulheres. Sua missão é levar ao cidadão leigo conhecimentos sobre saúde e bem-estar, através de ações em locais de grande circulação de pessoas, conteúdo em portais próprios e redes sociais. 


Novo cartão-postal de Salvador, o novo Mercado do Rio Vermelho foi transformado em um ponto de convergência cultural, gastronômica e social da cidade. Ao ser totalmente reconstruído, ampliado e adaptado para atender às exigências da Vigilância Sanitária, o espaço deixou de ser um centro de abastecimento para se consolidar como um grande mercado de compras, gastronomia e lazer. Com área comercial construída de 8.725 m², oferece um grande mix de produtos e serviços aos seus clientes em um ambiente confortável, com 250 vagas de estacionamento.
 
Carla Santana Cunha

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Saúde